Primeira reunião de auscultação
Posted on: 15 Janeiro, 2015

Realizou-se no dia 10 a primeira reunião de auscultação da comunidade de pessoas com deficiência.

DSC_6566

Foram esclarecidas dúvidas e os presentes deram a sua opinião sobre como deverá funcionar o projecto-piloto.

A próxima reunião será também nos Paços do Concelho no dia 23 de Janeiro, das 14h30 às 17h30.

One thought on “Primeira reunião de auscultação

  1. Caros Senhores
    Eu, em 1989 sofri um acidente de mergulho que me acometeu uma tetraplégica.
    Continuei a minha vida lutando para ter um futuro melhor.
    Tive a bênção de ter uma família e amigos que sempre me apoiaram em tudo o que eu defeni como meta.
    Em 1990 consegui uma oportunidade de demonstrar à sociedade que era uma pessoa válida e que ainda muito tinha a dar à sociedade. Iniciei funções no Hospital Distrital de Ponte de Lima, como telefonista. Durante o exercício desta função e tendo em conta o meu baixo nível de escolaridade decidi terminar o nono ano de escolaridade e frequentei o Curso de Técnico de Informática. Esta valorização curricular teve frutos imediatos, pois fui convidado para exercer as funções de secretário da administração do Hospital.
    Sentindo a necessidade de continuar a progressão na função pública inscrevi-me para realizar o exame “adoc” para acesso ao ensino superior.
    Entrei para a Universidade UFP e para o curso de licenciatura em informática de gestão. No decurso da minha vida acadêmica fui nomeado responsável do serviço de Informática do Hospital. Função que ainda exerço na atualidade.
    Todo este trabalho e empenho está todo agora em causa, pois vivo com os meus pais octogenário e já não tem condições para cuidarem de mim.
    Ou seja, os meus irmãos casaram e têm a sua vida e a sua casa. Os meus pais octogenarios já têm dificuldade em cuidar de mim e responder às necessidades de um homem de 42 anos.
    Adquiri uma casa própria toda adaptada às minhas necessidades para habitar no futuro. Futuro esse que vejo perdido e perdido todo o meu esforço, dado que, se não for implementado no terreno uma lei na sequência deste projeto, a única via que prevejo para o meu futuro é a institucionalizacao.
    E tudo aquilo que consegui durante este meu caminho será em vão.
    CONTO NA IMPLEMENTACAO DESTE PROJETO NA VIDA REAL PARA QUE EU POSSA TER UM FUTURO.

    Bem hajam.

Os comentários estão fechados.